Reflexões Sobre o Ócio Produtivo/Criativo

O que é ócio Produtivo?

www.mundopm.com.br/download/ed28_demo_02.pdf 

Existe ócio produtivo, exemplifique ou comente o que você acha da ociosidade?

http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=%C3%B3cio+produtivo+&source=web&cd=3&ved=0CEwQFjAC&url=http%3A%2F%2Fbr.answers.yahoo.com%2Fquestion%2Findex%3Fqid%3D20080214065227AAzLrMG&ei=HYomUIuGKOKsiALjoYDQCQ&usg=AFQjCNHOWX6rOsczHPbukkfYBirmzv-B4A

Adrian

Melhor resposta – Escolhida pelo autor da pergunta

Ócio produtivo não tem nada a ver com preguiça ou com Bíblia

Eu trabalho em uma empresa em uma área que precisa de saídas criativas de procedimentos e políticas, ou na maneira de implementá-los. Às vezes estou tão concentrado no que estou fazendo que não consigo ver a saída, e é justamente em alguma das minhas atividades de lazer, ou mesmo quando estou vendo TV, ou relaxando vendo uma paisagem, que tenho os insights criativos que fazem a diferença. Acho que quando damos uma distância naquilo que estamos fazendo temos mais chances de encontrar respostas. Esse é o principio do ócio criativo, acho… Ou pelo menos com eu vivencio isso na pratica

Outras Respostas (13)

O ócio pode ser construtivo se você usar esse tempo de descanso para meditar, cultivar suas preces, bons pensamentos, enfim, tudo o que é digno, justo e bondoso.

Um Quarto de Hora

Quando tiveres um quarto de hora à disposição, reflete nos benefícios que podes espalhar. Recorda o diálogo afetivo com que refaças o bom-ânimo de algum familiar, dentro da própria casa; das palavras de paz e amor que o amigo enfermo espera de tua presença; de auxiliar em alguma tarefa que te aguarde o esforço para a limpeza ou o reconforto do próprio lar; da conversação edificante com uma criança desprotegida que te conduzirá para a frente as sugestões de boa vontade; de estender algum adubo à essa ou aquela planta que se te faz útil; e do encontro amistoso, em que a tua opinião generosa consiga favorecer a solução do problema de alguém. Quinze minutos sem compromisso são quinze opções na construção do bem. Não nos esqueçamos de que a floresta se levantou de sementes quase invisíveis, de que o rio se forma das fontes pequeninas e de que a luz do Céu, em nós mesmos, começa de pequeninos raios de amor a se nos irradiarem do coração.

M. Medeiros

Sim existe, veja:

Já pensou naquelas pessoas que dizem que estão dando mais que 100% delas mesmas?

Considerando que: A; B; C; D; E; F; G; H; I; J; K; L; M; N; O; P; Q; R; S; T; U; V; W; X; Y e Z correspondem a: 1; 2; 3; 4; 5; 6; 7; 8; 9; 10; 11; 12; 13; 14; 15; 16; 17; 18; 19; 20; 21; 22; 23; 24; 25; 26

Temos que:

D E D I C A R – S E = 04 + 05 + 04 + 09 + 03 + 01 + 18 + 19 + 05 = 64%

S A B E D O R I A = 19 + 1 + 2 + 5 + 4 + 15 + 18 + 9 + 1 =74%

T R A B A L H A R = 10 + 18 + 1 + 2 + 1 + 11 + 8 + 1 + 18 = 80%

A T I T U D E S = 1 + 20 + 9 + 20 + 21 + 4 + 5 + 19 = 99%

F A Z E R P 0 R R A N E N H U M A = 6 + 1 + 26 + 5 + 18 + 16 + 15 + 18 + 18 + 1 + 14 + 1 + 14 + 5 + 14 + 8 + 21 + 13 + 1 = 200%

Conclusão:

Não adianta DEDICAR-SE, que você renderá apenas 64%; a SABEDORIA, vai te dar 74%; TRABALHAR, vai melhorar um pouco seu aproveitamento, ou seja: 80%; ATITUDES vão levá-la bem próximo da perfeição: 99%.

FAZER P0RRA NENHUMA, vai levá-lo ao dobro do máximo de sua capacidade.

Não é por acaso que QUEM FAZ P0RRA NENHUMA, é mais valorizado!

Ócio produtivo creio que não a não ser para a própria pessoa que está praticando, pois creio que as vezes devemos tirar um tempo só pra nós. imagine se toda a humanidade resolvesse ao mesmo tempo tirar um dia inteiro para ficar no ócio seria o caos, (ou não,isto nunca saberemos) por isso cada um escolhe a hora que melhor lhe convém para praticá-lo.Como dizia minha mãe quando não temos nada pra fazer o melhor é ir dormir, hoje entendo suas sábias palavras, é sempre quando estamos completamente ociosos sem nada pra fazer que inventamos em fazer o que não deveríamos ter feito,ou seja ócio improdutivo

Artigo de Afonso Vieira

http://oglobo.globo.com/ece_incoming/o-ocio-produtivo-4004595

O ócio produtivo

Às vezes me vejo pensando sobre o quão produtivo pode ser nosso ócio. Ao contrário da maioria, os momentos vagos podem nos brindar com verdadeiras pérolas, que podem vir a ter retornos dos mais variados, inclusive financeiro, por que não?

Eis-me aqui, sentado em uma biblioteca aguardando uma entrevista para ministrar aulas da disciplina de administração. Sem meus livros, sem filmes, e pior, sem computador ou internet! O que posso fazer? Abro meu fichário e aproveito para colocar os pensamentos no papel, em um prazeroso exercício mental.

Em diversas organizações, o setor de criação tende a ser o mais flexível, com normas e regras extremamente mais elásticas que o convencional. Curiosamente, indo de encontro com os demais departamentos, essa “ausência” de procedimentos padrões gera o aumento da produtividade.

Escrevi em outro texto que há momentos em que produzimos melhor nossos rabiscos, é o “plim” da inspiração. Não adianta forçar a produtividade, o resultado pode ser desastroso. Há articulista brilhantes, que volta e meia soltam ensaios chinfrins, pois têm data marcada para entregar o ofício. É claro que me refiro à produção literária e das artes em modo geral, nesses casos o pensamento tem que fluir, literalmente! Não confundam com produção em série ou em escala industrial.

Vejo muito, nos ambientes em que trabalho, os diversos tipos de ócio. É facilmente identificável o “morcego”. Enquanto pessoas perdem minutos preciosos com bate papo no Messenger ou no cafezinho – que acaba durando meia hora -, prefiro ler notícias ou rabiscar minhas frases, ou ainda, estudar formas e métodos para melhorar rotinas já existentes.

Não existe funcionário – tenho verdadeira ojeriza ao termo colaborador – que cumpre suas oito horas diárias na plenitude, é praticamente impossível. Mas há os que cumprem prazos e metas, rigorosamente! Para essa parcela, quanto maior a gama de afazeres, sempre se desdobram e equacionam seu tempo, de sorte que conseguem fluir e manter um padrão de qualidade.

Cada um faz seu tempo. Enquanto alguns preferem o ostracismo ou o descaso, outros veem nos parcos minutos de folga uma oportunidade ímpar de agregar conhecimentos, desfrutar de prazeres individuais e, em certos casos, até mesmo produzir algo, tal como este bobo texto

Torne seu ócio produtivo!

http://www.saidomuro.com/2012/07/torne-seu-ocio-produtivo.html

Olá pessoal, como estão?

Mês de julho geralmente se está de férias, ou não, mas a maioria sim. Sei que muitos como eu, viajaram. Bom, tem uns dias que estou na casa de meu avô e aqui não se tem muito que fazer. E eu estava ficando muito entediada e começando a reclamar: não tem nada pra fazer aqui!

Foi num desses meus dias de tédio que conversando com minha amiga Juliana, que ela me disse o seguinte: vá ler mais livros, vá escrever pro sdm, vá conversar e estudar, TORNE SEU ÓCIO PRODUTIVO. E foi essa frase que ficou martelando na minha mente.

Como a gente desperdiça tempo! Quando eu estou na correria do dia a dia, reclamo por não ter tempo de dormir, ficar em casa, ou ler livros que não sejam da faculdade e agora tenho a oportunidade de fazer tudo isso e muito mais. Como o ser humano é ingrato! Deus nos dá diariamente a oportunidade de falar do seu amor também e jogamos simplesmente pro nada essas chances.

Quero hoje, levar vocês a refletirem sobre: COMO ESTOU APROVEITANDO MEU TEMPO LIVRE E O OCUPADO TAMBÉM? Será que estou usando direito meu tempo, vivendo pra glória de Deus a todo instante? Ou eu fico parado o tempo todo só reclamando com o Senhor?

A Bíblia pode nos ajudar quanto a isso.

“buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” Mateus 6:33

Em todo o tempo devemos buscar a Deus, e buscar ao Pai vai além de ir a igreja no domingo é todo um estilo de vida que envolve família, trabalho, amigos, lazer e etc.

“não andeis ansiosos de coisa alguma…” Filipenses 4:6

Outra coisa é que ficar parado, no ócio gera ansiedade, que gera fica pensando e inventando coisas não muito boas. Como diz, aquele velho ditado popular, ‘cabeça vazia é oficina de diabo.”

E por último, mas não menos importante, queria destacar que a HORA É AGORA, somos jovens, com força (que nem diz minha mãe), com disposição e vontade. Se a gente não aproveitar agora, quando é que vamos? Por isso incentivo você a sair desse computador e fazer algo produtivo, vá ler a Bíblia, caminhar, se socializar, pregar a palavra, pois um dia tudo vai ficar pra trás. E como é o título de um dia que comprei esses dias “Evangelismo – uma coisa que você não pode fazer no céu.”. Viva. Aproveite. Seja feliz.

“Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: Não tenho neles prazer;” Eclesiastes 12:1

Alguns Vídeos interessantes:

http://youtu.be/GzlLejkBJbA

http://youtu.be/fGuEQtXG3jk – Domenico Masi – Ócio Criativo

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s